sábado, 8 de setembro de 2018

Meia dúzia de pensamentos

A solidariedade só é uma virtude nas classes abastadas. Nas classes  baixas, nas periferias, favelas, nas áreas de ilegalidade constitucional, de abandono social, a solidariedade é uma ferramenta de sobrevivência coletiva, automática, que brota nas dificuldades cotidianas dessas áreas.

                                                        ******************************


Consciência não se alcança, se desenvolve. O que se alcança são degraus, estágios de consciência. O desenvolvimento é permanente.

                                                          ******************************

Humildade não é uma virtude mas, sim, senso de proporção e inteligência, na disposição de aprender e crescer contínuamente com a alma, o espírito, o abstrato do ser. É uma das bases indispensáveis da sabedoria. Não confundir com humilhação, cegueira comum aos orgulhosos e aos arrogantes.

                                                            *****************************

A sinceridade é a garantia de uma vida em paz consigo mesmo e com as pessoas que convivem com a gente. Não é uma questão moral, é uma questão prática. A vida e as relações pessoais são bem melhores quando a gente é sincera, mais espontâneas, sinceras e confiáveis. Onde a sinceridade não é bem-vinda é o campo da falsidade, da hipocrisia, da superficialidade. Não pode haver harmonia nem paz de espírito. Uma questão de qualidade de vida. E as escolhas são pessoais.

                                                               ***************************

A mídia seduz para trair, encena para enganar, mente para servir aos poucos que se servem do todo em prejuízo de todos. Desinstruídas, desinformadas, alienadas, hipnotizadas, as multidões se tornam gado, facilmente manipulável. Na seqüência, a própria mídia criminaliza as vítimas, "responsáveis" pela degradação social, culpadas da sua desgraça. E as pessoas, em sua maioria, repetem a mídia, acreditam nela, se deixam seduzir pela falsidade, insconscientes, sabotadas em educação, em formação de senso crítico, em informação, no desenvolvimento de consciência que é seu direito. Humano e constitucional.

                                                         ******************************

O trabalho interno é permanente e é a raiz das mudanças verdadeiras. Sem ele, é tudo cênico. Com ele o trabalho coletivo se aprofunda, cria raízes e se fortalece. É a diferença entre sinceridade e falsidade. Em tempo, falsidade nem sempre é mal intencionada. Ilusão é a falsidade dos bem intencionados.




7 comentários:

  1. Estamos todos caminhando... Abração bicho.

    ResponderExcluir
  2. A sinceridade é uma questão moral quando alguém se declara sincero. Neste caso a pessoa estaria fazendo um auto elogio ou demonstrando ignorância e hipocrisia. A vida é um jogo de cena na maior parte do tempo. Mas reservamos algumas horas e algumas pessoas para sermos nós mesmos. Na vida evitamos a autofagia.

    ResponderExcluir
  3. Buscando o desenvolver sempre. Obrigado por compartilhar suas ideias!

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Eduardo por compartilhar suas ideias e experiências e brindemos o desenvolvimento.

    ResponderExcluir

observar e absorver

Aqui procuramos causar reflexão.