sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Internação de emergência

Na serra da Pedra Selada, caminho de Visconde de Mauá.

Voltando de Mauá, ontem, percebi o vazamento de óleo. Segui viagem até que a luz acendeu no painel na descida da serra. Parei na Capelinha, verifiquei a vareta, tava de assustar, só um meladinho do óleo na ponta. Uma hora depois apareceu o óleo necessário, muito mais caro que o normal, claro.

Fomos pela Dutra até perceber a fumaça branca pelo retrovisor. A coisa tava pior que eu esperava, bem que seu Manoel Elias me avisou, mas o serviço era pesado e caro, fui adiando até dar nisso. Gastamos cinco litros de óleo pra chegar em casa, já com a luzinha acesa de novo. Pelo caminho, ficou um fio de óleo marcando a rota, de Mauá até minha casa. O drama tava percebido.

Hoje levei ao médico, não dava pra resolver no ambulatório, decretada a internação. Ela fica lá até segunda de tarde. Vão ter que tirar o motor e trabalhar dentro do carter. Torre, retentores, flautas, tudo vai ser revisado, aproveitando que a cirurgia é complexa e profunda. Neste fim de semana, vou pra Santa Teresa de ônis. Pelo menos posso tomar umas cervejas por lá, não existe a assombração do bafômetro. Pena que não posso levar os ímãs.

Há pouco mais de um ano e meio não havia kombi, era tudo nas costas ou na bicicleta. Com os limites que isso acarreta. Na Celestina carrego muito mais e ainda não consegui chegar perto de completar sua capacidade. Mesmo assim, ela já faz parte da história. E das histórias.

No sul da Bahia, a caminho de Brumado, onde a promessa de ressarcimento das despesas não foi cumprida.

Em Barra Longa, caminho interrompido pelo veneno químico da samarco, na verdade vale, na tragédia planetária da maior bacia hidrográfica do sudeste. Que a mídia, hoje,minimiza chamando de "tragédia de Mariana", criminosa que é. O tempo já está trazendo as conseqüências, que estão só começando. Aí tem desgraça pra mais de século.

Ainda coletando dados sobre a calamidade ambiental, no caso aí próximo à foz, em Regência.

Em meio aos caminhões, Celestina dorme nos postos, sem se intimidar. Toda suja do barro tóxico, sinais de guerreira. Como Maria Clara, ela é pequena perto das carretas, mas destemida, valente, disposta. E não se intimida.

Celestina dá "pezinho" pro Kenny tirar fotos do crime das mineradoras.

Saindo de Ouro Preto na noite, ela não pôde subir até a casa de Douglas, que nos abrigava. Ficou num largo do caminho, mas tava em casa, antiguidade na antiguidade.

Em Porto Alegre, no Sarandi, a turma do Conceito Arte dá uma força no banho.

Pepe fotografa por trás, sem perceber seu próprio reflexo.

Já limpa, ela descansa das jornadas, na porta da casa que nos recebeu por uns dias.

Florianópolis, Monte Verde, em frente à casa que nos abrigou por lá em várias viagens, hospitalidade de Thiago Silveira.

Em Minas, uma parada pra mostrar em que direção nós viajamos pela vida.
Essa garibada vai preparar o motor pra viagem de setembro, ao sul, já com várias conversas marcadas, em várias exposições. Sinto que essa vai ser uma das melhores viagens, a melhor da Celestina. Vamos em cinco, ao que parece. Satya, Ravi, Roque, Maria Clara e eu. Vai caixa de som, guitarra e cajón (carrón).

Oremos pela saúde da Celestina.

55 comentários:

  1. Boas energias pra Celestina!!
    Por onde estarão no Sul ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em trânsito... Até agora, Floripa, Curitibanos, Guaporé e Porto Alegre.

      Excluir
    2. Quando estará em porto alegre? se ja nao esteve hehehe. Grande Abraço

      Excluir
  2. Guenta firme, Celestina! Boa recuperação!

    ResponderExcluir
  3. Não se preocupe, Eduardo, ela vai ficar bem saudável!

    ResponderExcluir
  4. Grande Eduardo. Tive a honra de conhecer seu modo de vida e de pensar a poucos dias e eis que me encanto. Espero encontra-lo nessas jornadas, um dia. Muita luz e força para ti e a Celê. <3

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Tô viciada em assistir seus vídeos no YouTube, e está sendo um processo dolorido te ouvir! Obg Edu por vc me iluminar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compartilhamos da mesma emoção....vc descreveu o que eu sinto tb...é um processo dolorido e revelador, espero continuar nessa jornada

      Excluir
  7. Tô viciada em assistir seus vídeos no YouTube, e está sendo um processo dolorido te ouvir! Obg Edu por vc me iluminar!

    ResponderExcluir
  8. Oi Eduardo! Por favor quando souber o dia q vai ficar em Porto Alegre, avisa aqui no blog. Sua da gaucha Virginia

    ResponderExcluir
  9. Quando o senhor vai passar por Fortaleza?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O senhor não passa, ele está em todos os lugares, pelo que me disseram...

      Eu não tenho Fortaleza nos planos imediatos. A ver na seqüência.

      Excluir
    2. E Bahia está nos seus planos imediatos irmão?

      Abraço

      Excluir
    3. E Bahia está nos seus planos imediatos irmão?

      Abraço

      Excluir
    4. Eduardo Marinho adorei ter conhecido vc por aqui por acaso!Impressionante como lembro sempre de vc na sequência da vida! Uma coisa por eexemplo, todas as vezes q entro num hotel q vejo as meninas da limpeza de cinza lembro demais de vc, se eu tivesse um hotel tenho certeza que a farda delas seria rosa bebê! Axé pra vc e pro mundo!!!!

      Excluir
    5. Eduardo Marinho adorei ter conhecido vc por aqui por acaso!Impressionante como lembro sempre de vc na sequência da vida! Uma coisa por eexemplo, todas as vezes q entro num hotel q vejo as meninas da limpeza de cinza lembro demais de vc, se eu tivesse um hotel tenho certeza que a farda delas seria rosa bebê! Axé pra vc e pro mundo!!!!

      Excluir
  10. Eduardo,sou de Cuiabá-MT mas moro no Rio e gostaria de conhecer sua arte, quando vai estar de volta ao rio? não pensa em voltar ao Matogrosso para visitar Chapada dos Guimarães? Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Fala Eduardo! Cara quero muito ler o seu livro, más não encontro,parece que está esgotado. Existe algum site onde posso adquirir? Curto muito suas idéias. Fernando

    ResponderExcluir
  12. Melhoras pra Celestina, meu amigo!

    ResponderExcluir
  13. Mano tens meu respeito e admiração há muito tempo. É uma visão de vida e um modo de viver difícil, mas libertador e dá um certo alívio saber que existem pessoas como você - ainda que a gente assista aqui pelas telinhas, presos em nossas rotinas de hamsters. Quando é que você passa aqui por Tocantins? Palmas tem muitos lugares bonitos para expor teu trampo e lugar pra ficar, rango e estas paradas eu garanto que não vai se preocupar. Mano eu fico pensando... Os números crescentes de suicídio, depressão, doenças mentais.... Dizem que a Depressão e as doenças de âmbito psicológico serão as maiores causas de incapacitação até 2020. Violar a consciência parece que tem um preço alto para a existência.

    http://www2.uol.com.br/vivermente/noticias/depressao_sera_a_doenca_mais_comum_do_planeta_em_2030.html

    ResponderExcluir
  14. Cara, estou tomando conhecimento do seu trabalho agora, sua história de vida ajuda a inspirar as pessoas a tomarem coragem de romper as amarras com o sistema, ainda estou começando a ver seus vídeos mas eles calam fundo no que eu penso, que é parecido e algumas coisas já coloquei em prática, outras não, por apego, covardia, sei lá, mas estou aprendendo.
    Quanto à Celestina, palavra de quem já viajou meio Brasil de Fusca, meu pequenino herbie bege, só eu, esposa, malas e sonhos, um conselho: meio frasco de Militec a cada troca de óleo.
    Não é barato, mas funciona, só esse ano tive que fazer seis viagens de ida e volta à Santa Catarina, e o motor só aguentou por causa disso, e ainda está aguentando.
    Que você continue esse trabalho por muito e muito tempo,e inspire pessoas que, como eu, começam a ver uma fresta de consciência no meio dessa barbárie.

    ResponderExcluir
  15. Eduardo, vai passar quando em Porto Alegre? Exposição ou palestra? Grande abraço!

    ResponderExcluir
  16. Eduardo responde aí por onde andas aqui no sul, Porto Alegre quando? Gostaria de assistir palestras tuas e comprar alguma coisa sua. Responde por favor ! Abraços virginia

    ResponderExcluir
  17. E eu aqui pensando...até aonde meu conforto é o que eu desejo...e onde começam os confortos que me "ensinaram" a desejar... Acabei de assistir o vídeo inteiro. Passou voando, se foi muito rápido ou muito curto não sei dizer, sei que o tanto que vou ficar refletindo vai durar bem mais do que ele durou. Trabalho cumprido! Bons ventos, boas estadias, bons encontros, boas cervejas e conhaques. Ah, e bons mecânicos...por garantia. Abraço de Floripa (do bairro vizinho do Monte Verde)

    ResponderExcluir
  18. Cara,que foto linda dessa árvore com a Kombi!
    Viverei algumas dessas aventuras em breve!

    ResponderExcluir
  19. Como te ouvir me trouxe paz! Vc diz tudo que eu queria dizer só que não usava as palavras corretas... 😅 aprendi muito com vc. Como eu perdi tempo na igreja,ouvindo anos o que eu consegui entender com vc em 1 hora no YouTube. Obrigada

    ResponderExcluir
  20. Como te ouvir me trouxe paz! Vc diz tudo que eu queria dizer só que não usava as palavras corretas... 😅 aprendi muito com vc. Como eu perdi tempo na igreja,ouvindo anos o que eu consegui entender com vc em 1 hora no YouTube. Obrigada

    ResponderExcluir
  21. Boa sorte Celestina!
    Quem Sabe num passa alguma vez em Bom Despacho -MG
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  22. Olá Eduardo!
    Te conheci hoje, por acaso, no youtube.
    Tem alguma forma de entrar em contato com vc por e-mail, etc?
    Pq procurei pelo seu e-mail no blog e não achei!
    Abraço! Rafaela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esqueci de lhe passar meu e-mail: soaribraf@hotmail.com

      Excluir
  23. Emanando energia da boa pra alcançar Mais cabeças a cada Dia.....

    ResponderExcluir
  24. Belo trabalho de humanidade ao próximo, isso é colocar-se em situação; desejo muita saúde para continuar neste trabalho árduo e mutuo com a comunidade. Estou na torcida sempre guerreiro.

    ResponderExcluir
  25. Quando passa em Brasília? Ou não passa? Heuheuh

    ResponderExcluir
  26. Eduardo. Tudo bem?
    Muitas pessoas as quais eu compartilhei seus vídeos, questionam para mim se você ou sua filha, recebe a pensão/aposentadoria militar do seu pai...
    Eu acredito que não, mas quero provar para estes...
    Obrigado. Por tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahaaahahaha... facilitaria bem a vida... e a kombi taria nos trinques. Mas não seria possível, nem legalmente. Não se incomode com os desqualificadores, eles apenas estão incomodados em sua acomodação. É um recurso de quem não tem argumentos. Normal, comum, freqüente, até de se esperar.

      Excluir
  27. Oiiiii foi um prazer te conhecer
    Eu conheci vc essa semana
    Eu tenho muita vontade de sair dessa vida que eu levo de trabalhar domingo a domingo em um mercado de rico
    Queria sair da faculdade ( na verdade eu amo psicologia mas eu nao quero viver como um roubo ) a sua historia de vida é muiiito parecida com a do laercio fonseca ele tabem largo a facul o trampo dele e foi viver do geito que ele se sinta bem .o caminho dele é mas puxado para o espiritualismo mas na verdade é um sonho isso para mim sair de sao paulo viver em um lugar tranquilo no meio do mato .
    Os seus pensamentos sao maravilhoso parabens pela sua missao
    Quem sabe um dia nos se encontra pura ai pq tenho vontade tbm de larga tudo e mas como sou mae vou ver se trampo por conta propria montar meu consutorio de psicologia e espiritualismo e viver no meio do mato
    SONHO. muita luz e paz foi um prazer te conhecer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não larguei nada além de correntes. As facilidades que aprisionam já não me valiam muita coisa, por isso não senti como "largar tudo", mas como libertação de velhas correntes.

      Excluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. Eduardo, suas reflexões estão presentes em minhas aulas... obrigado pela inspiração!

    ResponderExcluir
  30. Olá, Eduardo!

    Quando tu vais estar em Porto Alegre? Abraço

    ResponderExcluir
  31. Seu documentário passou uma graxa na engrenagem que andava meio seca. Valeu.

    ResponderExcluir
  32. Como saber quando estará em Floripa!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estive em palestra na concha acústica da UFSC, em 8 de setembro. Agora só no ano que vem, se for marcada alguma coisa por aí. Esse ano o tempo tá todo tomado.

      Excluir
  33. Como saber quando estará em Floripa!!!

    ResponderExcluir
  34. Assim vc me assusta cumpádi, leio título de internação no seu blog e fiquei preocupado,
    mas lendo a matéria, folguei em saber que está bem.
    Sua kombosa é importante também e espero que já esteja bem!
    Abraço e continue com sua linda missão de por a minhoca certa nas cabeças por aí.
    Nosso povo agradece!

    ResponderExcluir
  35. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  36. Eduardo obrigado pelas reflexões! sem palavras.. quando você estará em sampa de volta?? forte abraço!

    ResponderExcluir
  37. Cara...ontem meu irmão me enviou um vídeo seu no zap...perguntei pra ele, quem é esse cara? Que lucidez pra e coragem pr olhar pra essa merda de sistema onde a gente ta intrinsicado? Essa palavra existe? Não deve existir, mais você vai entender a intenção dela. Não quero te ofender, mais você fala como Paulo Freire, que eu amo, mais nem eu que gosto, tenho saco de ler por muito tempo, por causa do rebuscamento de sua linguagem. Você fala a linguagem que todos podem entender, e isso é importante demais. Espero que o tempo e a "fama", não descaracterizem você...E que hajam mais Eduardos Marinhos pelo mundo afora, mostrando sua cara nos zaps da vida.

    ResponderExcluir

observar e absorver

Aqui procuramos causar reflexão.